Vereadores de Cotia vetam projeto que retiraria benefícios de servidores públicos

Nesta terça-feira (07/11), durante a sessão da câmara, oito, dos 13 vereadores, se posicionaram contra o Projeto que altera Lei Orgânica, durante a sessão da câmara.

Após pressão de funcionários, que ameaçavam uma greve geral, alguns vereadores que estavam do lado de Rogério acabaram se bandeando para o outro e votaram contra o projeto.

Foram contra o projeto os vereadores Arildo Gomes, Paulinho Lenha, Marcos Nena, Tim, Eduardo Nascimento, Edson Silva e Professor Osmar votaram contra o projeto. Enquanto Celso Itiki, Dr Castor, Pedinha e Fernando Jão votam a favor.

Segundo Paulinho Lenha, atual presidente da Câmara, o vereador Sandrinho está afastado por motivos de saúde, mas afirmou que seu voto também seria contra o Projeto.

No entanto, é necessário cautela na comemoração, pois a votação do projeto ainda terá segundo turno.

Em nota, os servidores, ressaltaram a importância de continuar pressionando o governo para que o Projeto seja inteiramente retirado, para depois ser discutido com o Prefeito Rogério Franco, visto que existe muitos pontos que podem prejudicar os funcionários.

“Depois de um bom tempo de diálogo, conseguimos transmitir aos vereadores que estamos dispostos a rever o que for necessário e contribuir para chegarmos de forma coerente no melhor para todos”

Comments

comments

Inline
Inline