Vargem Grande Paulista terá programa “Aqui tem mais saúde”

A fim de diminuir a fila de espera e oferecer um atendimento de qualidade, o prefeito de Vargem Grande Paulista, Josué Ramos, criou o Programa “Aqui tem mais Saúde” que visa ampliar o atendimento de especialidades médicas e exames por meio de clínicas particulares.

Para isso, a Prefeitura credenciou através de chamamento público as Clínicas Ágape, Continental e Fisiocenter, que irão oferecer atendimento nas seguintes especialidades: Clinico Geral, Ginecologia, Psiquiatria, Ortopedia, Pediatria, Cardiopediatria, Cardiogeriatria, Cardiologia Adulto, Cirurgia Geral, Cirurgia Vascular, Dermatologia, Endocrinologia, Gastroenterologia, Hematologia, Nefrologia, Neurologia, Oftalmologia, Otorrinolaringologia, Pneumologia, Pneumopediatria, Proctologia, Reumatologia, Urologia e sessões de Fonoaudiologia, Psicologia, Nutricionista, Fisioterapia e Medicina do Trabalho.

A medida, segundo o prefeito Josué Ramos, além de atender a demanda reprimida também irá ampliar de 12 para 30 o número de especialidades médicas no município. “A saúde tem um desafio especial, que é lidar com o bem mais precioso que temos: a vida. E uma das nossas preocupações era com a fila de espera das especialidades médicas e se continuássemos desse jeito nossa fila de espera estaria em 5 anos se não fizéssemos nenhuma ação. Com o Programa Aqui Tem Mais Saúde, a cada custo que tínhamos em uma consulta vamos ampliar praticamente 3 vezes mais o número de consultas, através de um atendimento de qualidade”, explicou Josué ao apresentar oficialmente o Programa.

Para regulamentar a terceirização, o prefeito instituiu a Lei Municipal nº976 que cria a Tabela Complementar do Sistema Único Municipal e autoriza o credenciamento de profissionais ou pessoas jurídicas. De açodo com a Lei, serão atendidos somente moradores do município. “Precisamos ter esta retaguarda das clínicas particulares para que possamos zerar as nossas filas de espera de especialidades médicas, este é nosso foco. Porém várias ações estão sendo tomadas e já conseguimos aumentar o número de consultas médicas e exames”, destacou o prefeito.

Segundo dados apresentados pela Secretaria de Saúde, foram realizadas em 2017 mais de 20 mil consultas, o que representa uma média de 1.700 consultas a mais por mês. “Em dezembro de 2016 havia aproximadamente mil pacientes esperando por consulta médica em cada UBS do município. Com as ações que implementamos, entre elas a biometria para todos os médicos, ampliação do horário de atendimento no Ambulatório Central e contratação de mais profissionais, conseguimos aumentar as consultas e reduzir a fila de espera”, destacou Dr. João.

O número de exames laboratoriais realizados ano passado também teve um expressivo aumento. Em 2016 foram 74 mil exames e em 2017 mais de 110 mil exames. “Realizamos 50% a mais de exames laboratoriais por meio de empresa terceirizada”.

Programa Mais Saúde

O munícipe que necessitar do atendimento médico será encaminhado por meio da Unidade Básica de Saúde do bairro onde mora ou pelo Pronto Atendimento, que fará o cadastramento do paciente. “O paciente vai passar com o clinico geral na Unidade de Saúde, que fará o encaminhamento para a especialidade necessária. Este pedido ficará dentro da própria UBS com a enfermeira responsável que encaminhará para a Central de Vagas. Na Central há dois caminhos: as ofertas de vagas que o governo do estado encaminha para o município ou a clínica credenciada”, explicou o secretário de Saúde.

Segundo Dr. João, após ser atendido na clínica credenciada o prontuário do paciente será devolvido e ficará com a ficha de atendimento da UBS para acompanhamento do pedido feito pelo clínico geral. A meta é ampliar o acesso à saúde para todos os munícipes de Vargem Grande Paulista.

O serviço de fisioterapia, por exemplo, já está em funcionamento na Clínica credenciada Fisiocenter possibilitando um aumento em torno de 50% da capacidade de atendimento conforme apresentou o secretário se Saúde. “Não podemos admitir demora no atendimento a pacientes com prioridades, como pacientes no pós-operatório ou com sequelas de AVC recente”.

Ele anunciou também, que o Programa Aqui Tem Mais Saúde está sendo possível realizar o mutirão do ultrassom. “Com esta medida estamos eliminando a espera que era de até 3 anos.  São cerca de 4 mil exames realizados em 3 UBS’s (Central, Tijuco e Agreste). Estamos levando o exame para as regiões mais distantes para melhorar o acesso e facilitar para cada morador. Esses exames são agendados com dia e hora marcada, e também estão sendo realizados por meio de licitação”.

Comments

comments

Inline
Inline