UBSs de Cotia tem até 3 horas de espera para vacinação de Febre Amarela

Nesta quarta-feira (10/01) foi percorrido três postos de vacinação para avaliar como está o atendimento para imunização da febre amarela. Além de longas e morosas filas causadas pela baixa quantidade de agentes de saúde nos postos, a organização durante a espera também deixa a desejar, provocando atritos entre funcionários da Unidades Básicas de Saúde (UBS) e usuários.

No Pronto Atendimento do Portão, onde a situação encontra-se mais complicada, algumas pessoas haviam chegado às 6h20, e até às 9h30 ainda não haviam sido atendidos.

“Já havia vindo uma vez para tomar a vacina, mas a fila estava muito longa, então resolvi vir hoje bem cedo. Porém já estou perdendo duas horas de trabalho por causa da demora”, declara Gilberto Jesus.

Na UBS não tinha nenhum agente para organizar a fila, e por volta das 8h, precisou ir uma viatura da Polícia Militar para resolver um desentendimento entre usuários da rede de saúde e funcionários.

Por volta das 10h chegou uma viatura da GCM no local, mas o Guarda Civil declarou que era apenas um problema de falta de bom senso da população, e que não sabia até que horas ficaria no local.

Para a unidade do bairro do Portão foram encaminhadas 500 toses da vacina integral.

Na UBS do Parque São George a espera para receber a vacina era de cerca de uma hora e trinta minutos, e também havia problemas com a organização das filas.

Já no Posto do ASSA, na Granja Viana, a espera era de uma hora, e apesar da longa fila, a população esperavam a sua vez impaciente, mas organizadamente.

O grande problema é a baixa disposição de funcionários para atendimento, sendo que tem apenas uma enfermeira na área cadastral e uma para a aplicação da imunização.

Ligamos na UBS de Caucaia do Alto para saber sobre a quantidade de doses disponibilizadas a população e tempo de espera nas filas, mas o atendente não soube informar.

Já nas unidades dos bairros do Atalaia e Rio Cotia não conseguimos contato por telefone.

Entramos em contato com a prefeitura de Cotia para que se posicionassem sobre o assunto ou informassem a população sobre as soluções que pretendem implantar em relação a morosidade no atendimento e organização na espera.

Foto: Cotia e Cia

Confira a resposta abaixo:

“A vacinação na UBS do Portão tem começado por volta das 9h, 9h30, que é o horário que a equipe da enfermagem termina a coleta dos exames e começa a atender na vacinação.

Nas demais UBS’s, a vacinação também começa assim que a equipe conclui a coleta de exames e, dependendo da demanda, o horário de início pode variar, mas, a expectativa é que a partir das 8h a vacinação já esteja ocorrendo.

A Secretaria de Saúde não tem como aumentar o número de funcionários para a vacinação. Atualmente, as UBS’s já estão contando com apoio de profissionais da Policlínica, do Pronto Atendimento, da Clínica da Mulher que reforçam o atendimento na vacinação.

A vacinação acontece nas 25 UBS’s e no SAE/CTA (veja tabela abaixo).

A Prefeitura de Cotia salienta que a intensificação da vacina contra a doença acontece desde o ano passado e, nos últimos dias, em função da repercussão de novos casos confirmados no Estado, houve uma procura maior pela imunização causando tumultos em algumas unidades.

A Secretaria de Saúde reconhece e lamenta que, em alguns locais, a espera tem sido maior do que o razoável, e pede a compreensão do morador e, aqueles que puderem, o ideal é buscar uma UBS com menor demanda.”

 

 

Foto: William Melo/ Vídeo: Revista Circuito/ Fonte: Revista Circuito

Comments

comments

Inline
Inline