Rumo à basílica, romeiros de Caucaia do Alto enfrentam sol e cansaço em peregrinação na Dutra

As véspera da celebração dos 300 anos da Padroeira, celebrado amanhã dia 12, romeiros de todo o país lotam as margens da Dutra em direção ao Santuário Nacional de Aparecida (SP). Os peregrinos enfrentam o calor e centenas de quilômetros a pé para chegar no templo dedicado a Nossa Senhora Aparecida.Além da demonstração de fé e gratidão, ao percorrer o trajeto, os fiéis levam consigo as mais variadas histórias de vida. Desde 1º de setembro, mais de 4 mil romeiros caminharam pela Dutra, no trecho do Vale do Paraíba, segundo a concessionária que administra a rodovia.

O cansaço e a distância de mais de 200 quilômetros de peregrinação também não assustam Prizilina Pereira Gonçalves, de 86 anos. Ela e um grupo de parentes iniciaram a romaria na última quinta-feira (5) no distrito de Caucaia do Alto, em Cotia, na Grande São Paulo.

Prizilina Pereira Gonçalves faz romaria com a família (Foto: Carlos Santos/ G1)

“Eu sou bem devota, graças a Deus e vim para agradecer pela vida. Eu vou duas ou três vezes por ano ao Santuário e agora quis vir a pé”, disse ela, que tem três filhos que a acompanham na jornada.

 

Comments

comments

Inline
Inline