Polícia investiga máfia do diploma em Cotia e região

Servidores públicos estão sendo investigados, os diplomas eram usados para que os salários aumentassem

A Polícia Civil de Cotia realizou, na manhã desta terça-feira, 21, uma operação para coibir uma suposta máfia que vendia diplomas para uso em evolução funcional de servidores da Prefeitura de Cotia. Foram cumpridos cinco mandados de busca e apreensão em endereços residenciais e três em endereços comerciais nas cidades de Cotia, Itapevi e Barueri.
As informações iniciais apontam que a empresa vendia os certificados que são usados para que professores evoluíssem na carreira recebendo mais salários sem ter cursado de fato o curso.
Em alguns casos, os servidores chegavam a ganhar altos salários chegando a quase R$ 20 mil de salários, o que acaba gerando prejuízos aos cofres públicos devido à fraude.
Foram apreendidos documentos e computadores. Ninguém foi preso, e o próximo passo das investigações será analisar os documentos da empresa que falsifica os certificados e depois ouvirá os funcionários beneficiados.
Fonte: Jornal Giro S/A

Comments

comments

Inline
Inline