Obras atrasam no Atalaia e causam transtornos

As obras da adutora no Atalaia completam 86 dias, causando transtornos para a população, a previsão inicial era de apenas 30 dias de interdição. O Fique por Dentro visitou nesta semana as obras e pode constatar que a adutora instalada pela Sabesp esta com vazamento impedindo que a obra seja completada. De acordo com um dos trabalhadores o atraso é de responsabilidade da Sabesp e que nada podem fazer no momento. A previsão é de estar pronta na primeira quinzena de maio de acordo com os trabalhadores do local.

Esta adutora faz parte das obras do sistema São Lourenço de abastecimento, uma obra do governo do Estado. Sistema terá capacidade de produzir 6.400 litros por segundo de água tratada. As obras tiveram início em abril de 2014, pela Sociedade de Propósito Específico (SPE) Sistema Produtor São Lourenço S/A, vencedora da licitação da parceria público-privada (PPP) realizada em 2012 e integrada pelas construtoras Andrade Gutierrez e Camargo Corrêa (empresas investigadas na Lava Jato).

Assim, o Sistema Produtor São Lourenço, quando concluído, certamente permitirá à população da região do extremo oeste da Grande São Paulo e, também, da capital paulista, respirar um pouco mais aliviada, mesmo em períodos de estiagem.

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Inline
Inline