Mulher é presa por jogar água fervente no pênis do marido e atacá-lo com golpes de cutelo

Na última na terça-feira (02/01) uma ajudante-geral de 55 anos foi presa por tentativa de homicídio após atacar o marido com um cutelo e jogar água fervente no pênis dele durante uma discussão em casa, em Araçariguama (SP).

A Polícia Civil investiga o caso registrado na delegacia. Conforme o boletim de ocorrência, Eli Barbosa Lima atacou com 25 golpes de cutelo o ajudante de pintor, de 32 anos, atingido em várias partes do corpo, como cabeça, braços e pernas. Após a agressão, ela ainda jogou água quente no órgão genital dele.

Após briga, mulher ataca marido com 25 golpes de cutelo e joga água quente em órgão genital (Foto: Divulgação)
Após briga, mulher ataca marido com 25 golpes de cutelo e joga água quente em órgão genital (Foto: Divulgação)

Segundo a polícia, a briga aconteceu durante a madrugada, por volta das 4h, quando o homem chegou em casa, no Jardim Brasil. Em depoimento, a vítima disse que a esposa o acusou de traição e disse que iria matá-lo.

O homem conseguiu fugir da casa e procurou atendimento no pronto-socorro da cidade, onde a equipe médica acionou a Polícia Militar. Uma equipe foi até o local de trabalho da agressora e a encaminhou para a delegacia.

Após o relato da vítima, a mulher confirmou as agressões alegando que o companheiro confessou uma traição com a prima dela.

No boletim de ocorrência, os policiais chegaram a registrar que a mulher disse que seu companheiro “teve sorte de não morrer”.

No depoimento, a ajudante geral Eli Barbosa Lima informou que já havia tentado atear fogo no ex-marido. Segundo a declaração da ajudante geral, ela só não foi presa antes porque o ex-companheiro não registrou queixa.

A mulher foi autuada em flagrante por tentativa de homicídio. Ela foi encaminhada para a cadeia pública de Votorantim (SP). O marido recebeu atendimento no pronto-socorro de Araçariguama e recebeu alta no mesmo dia.

Comments

comments

Inline
Inline