Mostra do Museu de Arte Sacra de São Paulo exibe relíquias inéditas

Um fragmento da cruz em que Jesus foi crucificado é parte da mostra “Relíquia: Transcendência do Corpo”, nova atração do Museu de Arte Sacra (MAS) de São Paulo. A exposição é composta por cerca de 300 peças e retrata os 21 séculos da era cristã, passando por todas as fases da história, até a relíquia de S. João Paulo II, falecido em 2005.

Com curadoria de Ario Borges Nunes Junior e Beatriz Vicente de Azevedo, a exposição discorre sobre o conceito de relíquia, que provém do latim reliquiae, palavra que designa resto, aquilo que sobrou. Desde a antiguidade cristã, as relíquias dos mártires (restos mortais de santos reconhecidos oficialmente pela Igreja, além de objetos que pertenceram a eles ou estiveram em contato com seus corpos) eram consideradas pelos fiéis como mais valiosas que as pedras preciosas e mais estimadas que o ouro.

A exposição do Museu de Arte Sacra apresenta a história do mundo ocidental por meio desses objetos, elementos materiais que testemunham, ainda que minimamente, uma conjunção de histórias. “É inacreditável e admirável que seja possível encontrar na nossa cidade um acervo tão rico e tão completo de relíquias que vão desde os primórdios do Cristianismo até os dias atuais”, destaca a curadora.

Exposição: “Relíquia: Transcendência do Corpo”
Abertura: 7 de outubro, às 11h
Visitação: de 8 de outubro de 2017 a 8 de janeiro de 2018
Museu de Arte Sacra de São Paulo (Avenida Tiradentes, 676 – Luz, São Paulo, ao lado da estação Tiradentes do Metrô)
Tel.: (11) 3326-5393 – agendamento / educativo para visitas monitoradas
Terça-feira a domingo, das 9h às 17h (bilheteria das 9h às 16h30)
Ingresso: R$ 6,00 (estudantes e idosos pagam meia); grátis aos sábados
www.museuartesacra.org.br

Comments

comments

Inline
Inline