Morre um dos maiores pesquisadores da Africa morador de Vargem Grande Paulista

Morreu no sábado (30/09) , no Hospital Universitário (HU), na Cidade Universitária, o professor da Universidade de São Paulo (USP), Fernando Augusto Albuquerque Mourão, um dos maiores pesquisadores e estudiosos da questão africana.

Ele tinha 83 anos, estava internado havia 15 dias e sofreu falência múltipla de órgãos. O velório foi no Cemitério Memorial da Paz, em Vargem Grande Paulista, onde também foi enterrado hoje às 16:00.

No campo do ensino, o pesquisador participou de uma série de cursos: Organização social, demografia, urbanismo e cursos especiais relativo às sociedades africanas, na área das ciências sociais e sociologia jurídica-arbitragem e direito internacional na área jurídica.

Autor de 11 livros e participação em outros 57, Mourão recebeu prêmios internacionais em Angola, Costa do Marfim, Togo, Senegal e França, conforme informações constantes de seu currículo, publicado pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp).

A morte foi lamentada por colegas da Universidade de São Paulo e da Universidade Independente de Angola.

Comments

comments

Inline
Inline