Itapevi lança ‘padrinhos afetivos’ para crianças e jovens de abrigos

A Prefeitura de Itapevi lança na próxima quinta-feira, dia 27, o programa Padrinho Afetivo, que busca interessados em se tornarem “padrinhos afetivos” de crianças e jovens abrigados em casas de acolhimento mantidas pela administração municipal.

Os interessados passam a fazer parte do dia a dia dos “afilhados”, realizando atividades como passeios aos finais de semana e feriados e viagens curtas. Além disso, oferecem suporte educacional e afetivo à garotada. O objetivo é garantir, a essas crianças e jovens, a chance de constituir laços e recuperarem parte do convívio familiar.

O projeto é uma versão municipal de ação criada pelo Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo. Em Itapevi, abrange as duas casas de acolhimento para crianças e adolescentes sob a administração da prefeitura, cada uma delas com capacidade para atender até 20 crianças.

Podem ser apadrinhados crianças com idade a partir de 5 anos ou adolescentes acolhidos com baixa perspectiva de reintegração familiar e adoção. Os padrinhos devem ter a partir de 21 anos de idade, desde que respeitada a diferença de 16 anos entre padrinhos/madrinhas e afilhados, com disponibilidade de tempo para oferecer atenção e afeto.

Também podem ser padrinhos moradores das cidades de Osasco, Carapicuíba, Barueri, Jandira, Cotia, Itapecerica da Serra, Embu das Artes, Embu Guaçu e Taboão da Serra. Os interessados devem comparecer ao Setor Técnico da Vara da Infância e da Juventude, no Fórum de Itapevi, que fica na rua Bélgica, 405, no Jardim Santa Rita. O atendimento acontece de segunda a sexta-feira, das 12h30 às 18h30. Mais informações podem ser obtidas pelos telefones 4141-7933 e 4142-8340.

Fonte: Webdiário

Comments

comments

Inline
Inline