Idoso é preso em Cotia por posse de pornografia infantil

Polícia Civil e Ministério Público receberam denúncia de que o homem armazenava fotos e vídeos pornográficos envolvendo menores de idade.

Nesta terça-feira (11/12), a Polícia Civil e o Ministério Público cumpriram mandado de busca e apreensão em Cotia após receberem, dias atrás, um envelope sem identificação, contendo um pendrive e uma cópia de documento de identidade, bem como um endereço. Segundo a denúncia, um idoso de 69 anos estaria armazenando várias fotografias e vídeos com cenas de sexo explícito ou pornográfico envolvendo crianças e/ou adolescentes. Verificado o conteúdo desse pendrive, foram localizadas várias fotos desse tipo.

Por volta das 09h30, a Delegada Dra. Patrícia Barros e policiais civis do DP de Caucaia do Alto e o Promotor de Justiça da Vara da Infância e da Juventude, Dr. Ricardo Navarro, foram até a  residência do suspeito, na Rua Interlagos, no Jd. Claudio, visando dar cumprimento ao mandado.

Indagado, a princípio, o indiciado negou que estivesse armazenando tais imagens. No entanto, escondido entre os lençóis de sua cama, foi localizado seu aparelho de telefone celular onde havia uma fotografia (print de um vídeo) de uma menina nua e com sua vagina à mostra em destaque, parecendo que alguém com ela praticava algum tipo de abuso sexual. Novamente indagado, o indiciado confessou que havia várias outras imagens armazenadas em pendrives e que ele costumava baixar tais imagens da internet porque gostava de assisti-las enquanto se masturbava.

Efetuada revista no local, foram localizados seis pendrives, um tablet, 1 HD externo, duas CPU’s, quatro celulares, duas fitas cassetes, além de 12 preservativos e 5 tubos de gel lubrificante. Verificado o conteúdo desses outros pendrives, novas fotografias e vídeos contendo cenas de sexo explícito com crianças foram localizadas.

Diante disso, foi dada voz de prisão em flagrante ao idoso, sendo ele encaminhado ao DP de Caucaia do Alto, onde a Autoridade Policial determinou que fosse elaborado o boletim de ocorrência de nº1265/2018, conforme a Lei 8069/90 – do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), de natureza “Adquirir, possuir ou armazenar, por qualquer meio, fotografia, vídeo(241B)”.

O idoso foi formalmente indiciado e em razão da gravidade concreta do crime cometido, que afeta diretamente a integridade física e psicológica das crianças, visto que perpetua e incentiva o abuso sexual contra elas cometido, bem como pela grande quantidade de material pornográfico apreendido em sua residência, a delegada fixou a fiança no valor de R$ 19.080,00 (dezenove mil e oitenta reais), ou seja, 20 (vinte) salários mínimos. Como não houve o pagamento até o final do registro da ocorrência, o idoso foi encaminhado para a Cadeia Pública de Cotia para sua apresentação em audiência de custódia no Foro de Itapecerica da Serra.

Os objetos foram apreendidos e encaminhados para perícia.

 

Fonte: Portal Viva

Comments

comments

Inline
Inline