Empresário preso por desvios faturou mais de 10 milhões em Vargem Grande Paulista

A polícia civil de Sorocaba deflagou hoje (06/02) a operação Tersus que prendeu preventivamente o empresario Adalberto Dias da Silveira, conhecido como Magrão.

Proprietário da Localville Locação de Veículos e da empresa Multinivel Locação e Prestação de Serviços e Terceirização Eireli.

De acordo com o Delegado Carriel, o empresário firmou contratos com a prefeitura de Araçariguama com condições que não eram cumpridas. Por exemplo, os acordos previam uma quantidade de veículos a ser fornecida para a frota municipal e o número de fato “entregue” era substancialmente menor.

Além disso, havia a previsão de que as empresas seriam responsáveis por arcar com os valores referentes ao combustível, o que vinha sendo feito pela própria Prefeitura, somente um dos acordos era da ordem de R$ 2 milhões.

A reportagem do Fique Por Dentro verificou que a empresa Localville Locação de Veículos possui contrato com a Prefeitura de Vargem Grande Paulista desde 2010, os quais ja foram pagos mais de 10 milhões de reais segundo o portal da transparência.

 

A Policia Civil informou que irá verificar se o esquema funcionava em outras prefeituras, inclusive a de Vargem Grande Paulista, já que o empresário possuía contratos com aproximadamente 15 prefeituras da região.

Na operação foram presos também Esther Lilian Gonzales Fernandes Rodrigues (que segunda a investigação era testa de ferro de Magrão) e o titular da pasta de Transportes de Araçariguama, Cristiano Cardoso Dias, que atuava  como um “laranja” na estrutura para cometer o crime, já que não foram identificadas irregularidades nas contas bancárias dele.

Crédito da foto: Fábio Rogério

Foi apreendido diversos documentos e carros de luxo (uma Ferrari, um Porsche, duas BMWs e uma Mercedes) na residencia de Magrão em um condomínio de alto padrão, além do bloqueio de todos os seus bens e de suas empresas.

Comments

comments

Inline
Inline