Cotia alcançou menor taxa de mortalidade infantil dos últimos anos

Levantamento da Secretaria de Saúde de Cotia mostra que a taxa de mortalidade infantil da cidade apresentou o menor índice dos últimos: foram 7,5 óbitos para cada mil nascidos vivos em 2017. No ano anterior, a taxa de mortalidade havia ficado em 12,68%. Os dados são resultado de levantamento e monitoramento do número de nascidos vivos e de óbitos feitos pela própria Secretaria Municipal, desde 2012.

“É um resultado que nos deixa muito felizes”, disse o prefeito Rogério Franco. “Em Cotia, o poder público tem olhado com carinho para as mamães e seus bebês, desde o pré-natal, em que as gestantes têm prioridade, até os acompanhamentos pediátricos. Além disso, na Clínica da Mulher, a gestante de alto risco tem atendimento especializado para garantir sua saúde e a do seu bebê”, disse o prefeito Rogério Franco.

O titular da pasta, Magno Sauter, afirmou que a chegada precoce das pacientes de alto risco no atendimento especializado reflete diretamente na sobrevida do recém-nascido. “Fizemos uma reformulação do impresso de encaminhamento criterioso para o alto risco, isso garante a identificação do risco precocemente”, disse o secretário.

A queda na mortalidade também está atribuída à reorganização das agendas de consulta de enfermagem e orientações durante a gestação, cursos de gestante na Clínica da Mulher também impactam no resultado. “O poder público tem feito mais do que dar o atendimento médico, fizemos uma reorganização que possibilita priorizar os casos mais sérios e trabalhamos a conscientização e educação da gestante sobre cuidados com a sua saúde e como isso reflete na saúde da criança”, explicou.

Taxa de mortalidade infantil – Cotia

2012: 10,67%

2013: 9,33

2014: 7,51

2015: 10,34

2016: 12,68

2017: 7,58

Foto: Divulgação Freepik

Comments

comments

Inline
Inline